Seguidores

domingo, 29 de dezembro de 2013

E.B.D - FINAL DE ANO ABENÇOADO EM GUIRATINGA

A IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS DE GUIRATINGA, FECHOU O ÚLTIMO TRIMESTRE DA E.B.D DE 2013 COM GRANDE BENÇÃO. SOBRE A SUPERVISÃO DO EVANGELISTA ZACARIAS MACHADO FILHO, QUE É O SUPERINTENDENTE DA ESCOLA, NÓS TERMINAMOS O TRIMESTRE COM UM REFORÇADO CAFÉ DA MANHÃ E DISTRIBUIÇÃO DE PREMIOS. VALEU MUITO. A E.B.D., ESTÁ CADA DIA, MELHOR... E VAI MELHORAR AINDA MAIS, EM NOME DO SENHOR JESUS.




O LIVRO DE EXODO E O CATIVEIRO DE ISRAEL - LIÇÃO 01 COM SUBSIDIOS

Lições Bíblicas CPAD Jovens e Adultos
 1º Trimestre de 2014
 Título: Uma jornada de fé — A formação do povo de Israel e sua herança espiritual

Comentarista: Antonio Gilberto

Lição 1: O Livro de Êxodo e o cativeiro de Israel no Egito
Data: 5 de Janeiro de 2014

TEXTO ÁUREO
 “E José fez jurar os filhos de Israel, dizendo: Certamente, vos visitará Deus, e fareis transportar os meus ossos daqui” (Gn 50.25).

VERDADE PRÁTICA
 Os propósitos de Deus são imutáveis e se cumprirão no tempo determinado por Ele.


 LEITURA DIÁRIA
 Segunda - Gn 50.25 José não se esqueceu da promessa
 Terça - Êx 1.7 O crescimento dos hebreus no Egito
 Quarta - Êx 1.11 A aflição dos hebreus
 Quinta - Êx 1.13,14 A opressão do Povo Escolhido
 Sexta - Jr 33.3 Deus atende ao clamor do seu povo
 Sábado - Jó 42.2 Os propósitos do Senhor jamais serão frustrados

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Êxodo 1.1-14.
 1 - Estes, pois, são os nomes dos filhos de Israel, que entraram no Egito com Jacó; cada um entrou com sua casa:
2 - Rúben, Si meão, Levi e Judá;
3 - Issacar, Zebulom e Benjamim;
4 - Dã, Naftali, Cade e Aser.
5 - Todas as almas, pois, que descenderam de Jacó foram setenta almas; José, porém, estava no Egito.
6 - Sendo, pois, José falecido, e todos os seus irmãos, e toda aquela geração,
7 - os filhos de Israel frutificaram, e aumentaram muito, e multiplicaram-se, e foram fortalecidos grandemente; de maneira que a terra se encheu deles.
8 - Depois, levantou-se um novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José,
9 - o qual disse ao seu povo: Eis que o povo dos filhos de Israel é muito e mais poderoso do que nós.
10 - Eia, usemos sabiamente para com ele, para que não se multiplique, e aconteça que, vindo guerra, ele também se ajunte com os nossos inimigos, e peleje contra nós, e suba da terra.
11 - E os egípcios puseram sobre eles maiorais de tributos, para os afligirem com suas cargas. E edificaram a Faraó cidades de tesouros, Pitom e Ramessés.
12 - Mas, quanto mais os afligiam, tanto mais se multiplicavam e tanto mais cresciam; de maneira que se enfadavam por causa dos filhos de Israel.
13 - E os egípcios faziam servir os filhos de Israel com dureza;
14 - assim, lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em tijolos, e com todo o trabalho no campo, com todo o seu serviço, em que os serviam com dureza.

INTERAÇÃO
 Prezado professor, pela graça de Deus iniciamos um novo ano e um novo trimestre. Estudaremos o segundo livro do Pentateuco, Êxodo. Teremos a oportunidade ímpar de conhecer mais a respeito da libertação de Israel do cativeiro egípcio e sua trajetória pelo deserto rumo à Terra Prometida. O comentarista das lições é o pastor Antônio Gilberto, Consultor Teológico e Doutrinário da CPAD, membro da Casa de Letras Emílio Conde, teólogo e escritor. Que o Todo-Poderoso utilize cada lição para a edificação de seus alunos. Que Deus o abençoe.

OBJETIVOS
 Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Ressaltar os aspectos principais do livro de Êxodo.
Delinear os aspectos biográficos de Moisés.
Saber que o zelo precipitado de Moisés e sua fuga não impediram os propósitos divinos em sua vida.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

ESTUDOS BIBLICOS - MATEUS CAPITULOS 20, 21 e 22

MATEUS 19 
A GRAÇA DE DAR
1. É mais difícil um camelo entrar no olho de uma agulha que um rico entrar no reino de Deus.

2. Neste caso, quem pode ser salvo? Se for impossível para o rico, é impossível para todos porque a diferença entre um camelo e a linha é grande, mas a diferença entre o rico e os outros não é tão grande. É impossível qualquer um se salvar.

3. Mas o nosso Deus é o Deus do impossível. Então não vamos descartar ninguém, seja rico - viciado - prostituta - analfabeto - padre - pai de santo - político - empresário.

4. Por que é tão difícil um rico entrar no Reino? Vamos pensar nisso, e no processo quero desafiar vocês a examinarem a sua parte na coleta da igreja.

5. Realmente, o assunto não é dinheiro. Uma cédula é um pedaço de papel velho, sujo, usado, feio e rasgado. Já passou por muitas mãos. Cada dia vale menos - até um dia ser jogado no lixo. Usamos, investimos, trocamos, poupamos, mas, dinheiro não é o assunto. Dinheiro é apenas alguma coisa que usamos para definir os nossos valores. Dinheiro é um termômetro dos nossos valores. Quanto vale para você, por exemplo: uma camisa cadeira, terreno, uma hora de diversão, uma boa refeição, boa saúde, um filho obediente, uma boa esposa, a salvação? Quanto dinheiro você pagaria para conseguir estas coisas?

6. Dinheiro representa a sua vida passada. Imagine que você fosse desempregado. Um estranho chega. Quer pegar uma enxada e limpar este campo de 10 hectares. O que diria? "Realmente não quero". Ele responde, "Eu pagarei $R 1000/hora - 40 horas semana". Agora, provavelmente, você responderia "Onde está a enxada?" Por quê? Trabalho duro, sol quente. Fazendo algo que não gosta, por alguém que não conhece. Por quê? Por $R1000/hora! Então você trabalha a semana toda e no fim, ele paga. Ele devolve a sua vida! O tempo já passou e jamais voltará. O que você tem agora em mão que representa esta semana perdida da sua vida? R$ 40.000! Este dinheiro representa 1 semana da sua vida passada.

7. Deus nos chama para dar-lhe as nossas vidas...
O dinheiro - nossa vida passada
O tempo - nosso presente
Os talentos - nosso futuro
O mais fácil para dar deve ser o passado. Quando você tem esta visão então, quando passar o saco da coleta, você pode dizer: "Senhor, aqui está a minha vida".

8. A sua coleta representa a sua fé em Deus (Lucas 6:38). Deus diz: "Eu quero lhe abençoar. Dê-me a colher que você usa para a coleta. Agora, que tamanho de colher vou usar? pequena, média, grande, um balde? Limitamos Deus pela nossa incredulidade. Ele é a fonte da semente, benção, chuva, saúde, vida, felicidade, vida! (2 Coríntios 9:6-11).

Um agricultor guarda toda a sua semente no celeiro, para não perder nenhuma semente. Ele não joga para o chão.
Outro agricultor planta a sua semente uma por uma, cada semente que deixa a sua mão dói.
O terceiro planta uma tonelada de sementes com grande alegria.
Se você acredita em Deus. Se você não acha que Ele seja mentiroso e infiel - então semeie e seja extravagante!

9. Princípios da coleta na igreja do Novo Testamento (1 Coríntios 16:1-2)
a. "Cada um" - todos, seja uma viúva pobre, um Barnabé que tem casas e terrenos.
b. "De propósito" - não sem pensar, sem planejar, mas por decisão pensada. Não de última hora. Não dos restos. Faça compromisso e cumpra.
c. "Conforme sua prosperidade". No Velho Testamento era 10%. Hoje não está especificado. Se 10% é o mínimo, 15% é melhor.
d. Um hábito - cada semana, ou com cada salário.
e. Por sua honra. Nem a presença de Paulo deve pressioná-lo. (Mateus. 19:27). Note a boa atitude dos apóstolos. Quando Jesus passou e os chamou para segui-los, deixaram tudo e seguiram. Não perguntaram quanto vai pagar, quanto vou receber, qual o lucro? Seguiram a Jesus por motivos puros.

CONCLUSÃO:
Falando claro, quero que todos os irmãos sejam fiéis no dar. Todos na igreja podem e devem contribuir. Seja pobre, jovem, estudante ou quem têm condições. Alguns talvez estejam roubando de Deus e com isso estão perdendo muitas bênçãos. Tem irmãos que são tão fiéis no dar, e dizem que Deus faz mais.

Poder contribuir à obra da igreja e a Deus é um privilégio. É uma graça (benção não merecida) que Deus nos dá!


MATEUS 20 
O PECADO DE AMBIÇÃO PESSOAL

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

TEMA A DEUS TODO TEMPO - LIÇÃO 13 COM SUBSIDIOS



13° LIÇÃO 4 TRI 2013 TEMA A DEUS TODO O TEMPO


TEMA A DEUS TODO O TEMPO

Data 29 de Dezembro de 2013              

TEXTO AUREO
"De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem” (Ec 12.1 3).

VERDADE PRATICA
Obedecer aos mandamentos do Senhor é a prova de que vivemos uma vida justa diante dos homens e de Deus.
LEITURA DIÁRIA
Segunda       - Gn 2.7                                         Conhecendo a criatura
Terça             - Ec 12.1                                      Conhecendo o Criador
Quarta           - Ec 1 1.9,10; Jo 21.18ª                Conhecendo a mocidade
Quinta            - Ec 12.1-7; Jo 21.18b                 Conhecendo a velhice
Sexta             - Ec 12.7; 1 Ts 5.23                      Conhecendo o ser humano
Sábado          - Ec 12.13,14                                Um dia prestaremos contas

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE Eclesiastes 12.1-8
1 - Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer; Não tenho neles contentamento;
2 - antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva;
3 - no dia em que tremerem os guardas da casa, e se curvarem os homens fortes, e cessarem os moedores, por já serem poucos, e se escurecerem os que olham pelas janelas;
4 - e as duas portas da rua se fecharem por causa do baixo ruído da moedura, e se levantar à voz das aves, e todas as vozes do canto se baixarem;
5 - como também quando temerem o que está no alto, e houver espantos no caminho, e florescer a amendoeira, e o gafanhoto for um peso, e perecer o apetite; porque o homem se vai à sua eterna casa, e os pranteadores andarão rodeando pela praça;
6 - antes que se quebre a cadeia de prata, e se despedace o copo de ouro, e se despedace o cântaro junto à fonte, e se despedace a roda junto ao poço,
7 - e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu,
8 - Vaidade de vaidade, diz o Pregador, tudo é vaidade.

INTERAÇÃO
Prezado professor, estamos encerrando mais um trimestre. De todos os assuntos que estudamos nesta lição, os que nos trazem mais perplexidades são as perspectivas apresentadas acerca da imprevisibilidade da vida, o movimento dinâmico que ela apresenta e as contingências da nossa existência. O homem que não confia em Deus pensa que foi lançado a esmo no mundo. Aqui, é que o crente em Jesus se distingue daqueles que não creem em Deus. Quando amamos e tememos ao Senhor de todo o nosso coração, compreendemos a vida como algo finito no mundo, mas na esperança de brevemente encontrarmo-nos em plenitude com um Deus “que tem, ele só, a imortalidade e habita na luz inacessível” (1 Tm 6.16).

OBJETIVOS
Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Saber que somos criatura; Deus, o Criador.
Explicar os dois grandes momentos da vida (juventude e velhice) e as duas dimensões da existência humana (corporal e espiritual).
Guardar os mandamentos do Senhor e praticar a sua justiça.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

LANÇA O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS - LIÇÃO 12 COM SUBSÍDIOS



Lições Bíblicas CPAD - Jovens e Adultos
4º Trimestre de 2013

Título: Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa — A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
Comentarista: José Gonçalves

Lição 12: Lança o teu pão sobre as águas
Data: 22 de Dezembro de 2013


TEXTO ÁUREO
“Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás” (Ec 11.1).

VERDADE PRÁTICA
Lançar o pão sobre as águas é fazer o bem e ter esperança quanto a um futuro desconhecido.

LEITURA DIÁRIA
Segunda - Ec 11.1 Vivendo com atitude
Terça - Ec 11.4 Evitando a passividade
Quarta - Ec 11.3 Vivendo com dinamismo
Quinta - Ec 11.6 Tendo a fé e a esperança
Sexta - Ec 11.9 Fazendo escolhas
Sábado - Ec 11.9,10 Assumindo as consequências

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Eclesiastes 11.1-10.
 1 - Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás.
2 - Reparte com sete e ainda até com oito, porque não sabes que mal haverá sobre a terra.
3 - Estando as nuvens cheias, derramam a chuva sobre a terra, e, caindo a árvore para o sul ou para o norte, no lugar em que a árvore cair, ali ficará.
4 - Quem observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará.
5 - Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da que está grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas.
6 - Pela manhã, semeia a tua semente e, à tarde, não retires a tua mão, porque tu não sabes qual prosperará; Se esta, se aquela ou se ambas igualmente serão boas.
7 - Verdadeiramente suave é a luz, e agradável é aos olhos ver o sol.
8 - Mas, se o homem viver muitos anos e em todos eles se alegrar, também se deve lembrar dos dias das trevas, porque hão de ser muitos. Tudo quanto sucede é vaidade.
9 - Alegra-te, jovem, na tua mocidade, e alegre-se o teu coração nos dias da tua mocidade, e anda pelos caminhos do teu coração e pela vista dos teus olhos; sabe, porém, que por todas essas coisas te trará Deus a juízo.
10 - Afasta, pois, a ira do teu coração e remove da tua carne o mal, porque a adolescência e a juventude são vaidade.

INTERAÇÃO
 A lei da semeadura é revelada pelo apóstolo Paulo em Gálatas 6.7. O que esta lei diz? “Tudo o que o homem semear, isso também ceifará”. Paulo está mostrando que um nascido de novo e seguidor de Cristo Jesus, por obra iluminadora do Espírito Santo, não pode deliberadamente semear na carne ao mesmo tempo em que anda no Espírito: “Quem semeia na sua carne da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito ceifará a vida eterna” (v.8). O contexto de Gálatas seis remete-nos a ideia de os crentes levarem a carga um dos outros para fazer o bem. Isto é semear para a vida eterna. O contrário é semear corrupção.

OBJETIVOS
 Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Saber como viver uma vida com propósito.
Decidir viver uma vida dinâmica com fé e esperança.
Viver a vida com responsabilidade diante de Deus e dos homens.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

ESTUDO BIBLICO - MATEUS CAPITULO 5

ESTUDO BIBLICO

MATEUS CAPITULO 5

O sermão da montanha. As beatitudes.
Mt.5.1 Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos;
Mt.5.2 e, abrindo a boca, os ensinava, dizendo:
Mt.5.3  Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus;
Mt.5.4 bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
Mt.5.5 bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;
Mt.5.6 bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
Mt.5.7 bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
Mt.5.8 bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
Mt.5.9 bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
Mt.5.10 bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus;
Mt.5.11 bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa.
Mt.5.12 Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.


MATEUS CAPITULO 5

subiu um monte. Este é o famoso Sermão do Monte: esses capítulos contêm a mais extensa porção unificada de falas de Jesus. Nada do que ele diz é tão fácil de entender que possamos ler e sair correndo para os nossos afazeres, sem entregar-nos a refletir, considerar e ponderar sobre seu conteúdo. Também não é tão difícil que precisemos deixar para a eternidade. Somos convidados a refletir sobre o que poderia ser chamado respeitosamente de "a psicologia de Jesus" — ou, pelo menos, algumas características psicológicas do que nosso Mestre foi e disse — temas que encontram paralelos interessantes com o campo da psicologia, a partir de problemas e vivências do dia a dia humano. Mas Jesus não era um filósofo ou um psicólogo analisando posturas e conceitos — ele era muito mais que tudo isto, e ensinava "com autoridade" (7.29). O Sermão do Monte é a cosmovisão de Jesus, que ele transmite a seus seguidores. A estes compete recebê-la, vivenciá-la e divulgá-la. Esta é a vida no Reino de Deus!

5.1 Quando Jesus viu aquelas multidões. Novamente, Jesus age de acordo com sua percepção das circunstâncias e não conforme uma agenda pré-programada ou estratégias e objetivos planejados de antemão. Jesus viu as multidões. E nós, será que as ignoramos, mergulhados em nossas ocupações, dominados por elas, presos em nossas agendas estressadas por tantos compromissos? subiu um monte e sentou-se. Portanto, era hora de parar de curar os doentes das multidões e gastar um tempo ensinando — aos discípulos! seus discípulos chegaram perto dele. Eles também deixaram de atentar para as multidões e voltaram-se para o Mestre. Que bom atendermos à alma, chegarmo-nos a Jesus, atentos, esperançosos, prontos a receber "descanso para a alma" (11.28-29). Este é o melhor tipo de saúde psicoemocional que podemos desejar. Nossa proximidade com Jesus nos trará a incomparável experiência de relaxar a alma, sossegar o pensamento e preparar-nos para qualquer embate na vida. Chegando perto de Jesus como os discípulos fizeram, poderemos ter a experiência que eles tiveram, ler e reler as palavras de Jesus, ponderar sobre elas, orar a Deus e ter a vida enriquecida de maneira esplêndida.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Lições Bíblicas CPAD   Jovens e Adultos
 4º Trimestre de 2013

Título: Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa — A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
Comentarista: José Gonçalves

Lição 8: A mulher virtuosa
Data: 24 de Novembro de 2013

TEXTO ÁUREO
 “Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de rubins” (Pv 31.10).

VERDADE PRÁTICA
 O comportamento e a sabedoria de uma mulher são os únicos critérios capazes de a definirem como virtuosa

 LEITURA DIÁRIA
 Segunda - Pv 31.11  A mulher virtuosa é esposa fiel
 Terça - Pv 31.25,28  A mulher virtuosa é respeitada
 Quarta - Pv 31.27  A mulher virtuosa trabalha
 Quinta - Pv 31.16  A mulher virtuosa empreende
 Sexta - Pv 31.23  A mulher virtuosa recebe testemunhos
 Sábado - Pv 31.30  A mulher virtuosa teme ao Senhor

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
 Provérbios Provérbios 31.10-21,23-29.

INTERAÇÃO

Vivemos numa sociedade onde a figura da mulher tem se reduzido a mero objeto sexual. Nas danças, nas músicas sensuais, nos comerciais televisivos e nos outdoors, a sensualidade das mulheres brasileiras está na linha de frente. Entretanto, a Bíblia estabelece para a mulher cristã um papel protagonista e exuberante. Ser mulher, de acordo com a Palavra de Deus, é ser feminina, não feminista; madura, não imatura; santa, não depravada.
A mulher cristã, em todas as esferas da sua vida, deve viver para a glória de Deus.

OBJETIVOS
 Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Conhecer a mulher virtuosa como esposa e mãe.
Compreender a mulher virtuosa como trabalhadora e empreendedora.
Aprender com o testemunho da mulher virtuosa como serva de Deus.

domingo, 17 de novembro de 2013

ESTUDOS BIBLICOS EM HEBREUS CAPITULO 11

ESTUDOS  EM  HEBREUS CAPITULO  11
HEBREUS  11.1 ORA, A FÉ É. O capítulo 11 demonstra a natureza do único tipo de fé aceita por Deus e que triunfará na pior das situações.

(1) É uma fé que crê nas realidades espirituais (v. 1),
(2) que leva à justiça (v. 4),
(3) que busca a Deus (v. 6),
(4) que crê na sua bondade (v. 6),
(5) que tem confiança na sua palavra (vv. 7,11),
(6) que obedece aos seus mandamentos (v. 8),
(7) que vive segundo as promessas de Deus (vv. 13,29),
(8) que rejeita o espírito deste presente mundo mau (v. 13),
(9) que busca um lar celestial (vv. 14-16; cf. 13.13,14),
(10) que abençoa a geração seguinte (v. 21),
(11) que recusa os prazeres do pecado (v. 25),
(12) que suporta a perseguição (v. 27),
(13) que pratica poderosos atos de justiça (vv. 33-35),
(14) que sofre por amor a Deus (vv. 25,35-38) e
(15) que não volta àquela pátria donde haviam saído, i.e., o mundo (vv. 14-16).

HEBREUS  11.3 OS MUNDOS, PELA PALAVRA DE DEUS, FORAM CRIADOS. A fé pela qual entendemos que Deus criou o mundo é a fé na revelação divinamente inspirada que se acha em Gn 1 e noutros trechos das Escrituras (cf. Sl 33.6,9; Is 55.11)

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

CONTRAPONDO A ARROGANCIA COM A HUMILDADE - LIÇÃO 07 COM SUBSÍDIOS

Lições Bíblicas CPAD   - Jovens e Adultos
 4º Trimestre de 2013
 Título: Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa — A atualidade de Provérbios e Eclesiastes

Comentarista: José Gonçalves
 Lição 7: Contrapondo a arrogância com a humildade
Data: 17 de Novembro de 2013
 
TEXTO ÁUREO
 “A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda” (Pv 16.18).
 
VERDADE PRÁTICA
 A humildade é uma virtude que deve ser zelosamente cultivada, pois a arrogância leva à destruição e à morte eterna.
 
 LEITURA DIÁRIA
 Segunda - Pv 11. 2  A humildade afasta a soberba
 Terça - Pv 16. 5  Deus abomina os soberbos
 Quarta - Pv 16. 18  A soberba precede a queda
 Quinta - Pv 22. 4  A humildade será galardoada
 Sexta - Pv 14. 31  Deus honra quem socorre os humildes
 Sábado - Pv 3.34; Tg 4. 6  Deus resiste ao soberbo, mas dá graça aos humildes
 
LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
 
Provérbios 8. 13-21.
 
13 - O temor do Senhor é aborrecer o mal; a soberba, e a arrogância, e o mau caminho, e a boca perversa aborreço.
14 - Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria; eu sou o entendimento, minha é a fortaleza.
15 - Por mim, reinam os reis, e os príncipes ordenam justiça.
16 - Por mim governam os príncipes e os nobres; sim, todos os juízes da terra.
17 - Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão.
18 - Riquezas e honra estão comigo; sim, riquezas duráveis e justiça.
19 - Melhor é o meu fruto do que o ouro, sim, do que o ouro refinado; e as minhas novidades, melhores do que a prata escolhida.
20 - Faço andar pelo caminho da justiça, no meio das veredas do juízo.
21 - Para fazer herdar bens permanentes aos que me amam e encher os seus tesouros.
 
INTERAÇÃO
 
A epístola do apóstolo Paulo aos filipenses descreve o despojamento do Senhor Jesus. Leia e medite no texto de Filipenses 2.4-8. Imagine, o Deus Todo-Poderoso humilhando-se e sujeitando-se à morte de cruz. E nós, seres humanos imperfeitos, quantos vezes nos exaltamos com coisas banais?
A lição desta semana convida-nos a ter o mesmo sentimento de Jesus. A mesma disposição em despojar-nos de nós mesmos. Somente pela prática da humildade poderemos contrapor o veneno da arrogância.
 
OBJETIVOS
 
Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Dissertar sobre a relação entre a humildade e a arrogância.
Explicar os contrastes ilustrativos: o sábio e o insensato; o justo e o injusto; o rico e o pobre; o príncipe e o escravo.
Cultivar a virtude da humildade e rejeitar a arrogância.

domingo, 10 de novembro de 2013

ESTUDOS BIBLICOS EM MATEUS - CAP. 16, 17 e 18

MATEUS 16 - 
QUEM É O CRISTO?

Esta é a pergunta mais importante na sua vida. Cristo quer dizer "Messias" e Messias se entende do Velho Testamente. Cristo = Messias = Ungido = Rei.

Pelas profecias, o messias seria a esperança de Israel. Em João 4:25, lemos "quando vier o Messias, Ele nos anunciará todas as coisas". “O Messias vem”, "Quando o Messias vier”: estas frases mostram a esperança que o povo tinha em tempos difíceis, seja cativeiro, sofrendo injustiça, violência, imoralidade, derrotado pelos inimigos, seno destruído pela natureza, castigado por Deus. "Que tem o futuro para nós? Onde está nossa esperança?" A resposta era, "Levante a cabeça, o Messias vem! Ele será o fim de nossa vergonha e das nossas dificuldades."

Mas quem é este Messias? É Jesus (Mateus 16:16). Ele é a esperança de Israel, a salvação, a solução dos problemas. Ele veio, mas não somente para Israel. Ele é o Cristo - ele é nosso Messias também. Ele é aquele que satisfaz as nossas necessidades e resolve os nossos problemas. Seus nomes na Bíblia enfatizam isso: Veja como ele foi chamado, conforme as necessidades do povo:

1. Você está faminto? Ele é O PÃO DA VIDA (João 6:35, 51)
2. Você se sente fraco, instável, puxado por todo vento, incapaz de construir uma vida? Ele é A ROCHA (Mateus 16:18, I Coríntios 3:11)
3. Está doente, aleijado, sofrendo? Ele é O GRANDE MÉDICO (Mateus 9).
4. Condenado devido ao seu pecado? Ele é O ADVOGADO (1 João 2:1)
5. Perdido num mundo de trevas? Ele é A LUZ DO MUNDO (João 8:12)
6. Velho, já vendo à hora da separação dos amados? Ele é A RESSURREIÇÃO E A VIDA (João 11:25)
7. Cansado, ameaçado, abusado, sem defesa contra inimigos? Ele é A PORTA DO APRISCO (João 10:7, 9).
8. Você não entende o porquê da vida? Ele é A SABEDORIA DE DEUS (1 Coríntios 1:24).
9. Você é pobre, buscando algo na vida de valor? Ele é A PÉROLA DE GRANDE PREÇO. (Mateus 13:46).
10. Precisa de proteção no mundo mal? Ele é O BOM PASTOR (João 10:11, 14).
11. Você está só, sentindo o peso da vida e precisa de alguém que compreende, simpatiza, escute, aconselha? 

Ele é O CONSELHEIRO MARAVILHOSO (Isaias 6:9).

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

ESTUDOS BIBLICOS - MATEUS CAP. 13, 14 e 15

MATEUS 13 A PARÁBOLA DO FERMENTO

INTRODUÇÃO
São quatro palavras chaves nesta parábola: reino - fermento - escondeu - tudo levedado

I. REINO
A. Destas 4, reino é a mais difícil para nós hoje em dia. De fato, a idéia de um reino ou monarquia já não é muito atraente para a maioria. Quando os brasileiros tiveram chance de escolher o sistema do governo presidencialismo, parlamentarismo ou monarquia) o menos votado foi monarquia. Talvez seja o espírito de democracia - nós não queremos um homem controlando nossas vidas. Queremos fazer nossas próprias decisões. Temos medo de ditaduras como do passado. Talvez porque os reinos no mundo se tornaram tão raros, e os que ainda persistem, como de Inglaterra, parecem como piadas às vezes: Os escândalos na família real (Príncipe Charles e Lady Diana, Rainha Elizabete), suas vidas de luxúria no meio de pobreza e falta de boa liderança na política, na social, na religiosa. Então é difícil para nós hoje em dia pegar bem o conceito de reino como os antigos entenderam.

B. Mas a idéia do reino é fundamental na Bíblia. Talvez o mais perto hoje em dia esteja nos filmes - Guerra nas Estrelas. O Império, Darth Vader. O Lado das Trevas. Uma potência, neste mal, dominando o universo por força. Pense na palavra "Império". Provavelmente para a maioria, é uma palavra muito negativa. Imperialismo - quase um palavrão. Mas é assim. Imperialismo = os fortes dominando e subjugando os fracos. Fala de conquista, escravidão domínio, poder. Como é que os impérios deste mundo crescem? Por conquista, poder militar, tratados políticos, comprando e vendendo povos e nações, riqueza. Esta é a verdade.

Mas a Bíblia fala de dois reinos ou impérios. Colossenses 1:13. O Reino de Jesus não é como os reinos deste mundo, nem como o império das trevas. Seu propósito é conquista. O alvo e desejo de Jesus é nada menos que dominar totalmente no coração de todo ser humano.

II. FERMENTO
A. Mas seus métodos são diferentes.
"Não por força, nem por violência mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos.
Romanos 1:16 O evangelho é o poder de Deus para salvação
O reino de Jesus se caracteriza por uma influência interior que converte e transforma a pessoa e assim a sociedade e esta influência é altamente contagiosa. Jesus disse que é semelhante a fermento.

domingo, 3 de novembro de 2013

O EXEMPLO PESSOAL NA CRIAÇÃO DOS FILHOS - LIÇÃO 06 COM SUBSÍDIOS


LIÇÕES 4º TRIMESTRE 2013
10 de Novembro de 2013
Lição 6 - O Exemplo Pessoal na Educação dos Filhos

TEXTO ÁUREO
"O justo anda na sua sinceridade; bem-aventurados serão os seus filhos depois dele"
(Pv 20.7).

VERDADE PRÁTICA
A melhor forma de se educar um filho é através do exemplo, pois as palavras passam, mas o exemplo permanece.

LEITURA DIÁRIA
Segunda - Pv 22.29 O futuro de um homem diligente
Terça - Pv 29.1 Estabelecendo limites
Quarta - Pv 7.6,7 O mau exemplo da displicência
Quinta - Pv 22.22,23 Sabedoria para agir com equidade
Sexta - Pv 23.6-8 Sabedoria para lidar com o invejoso
Sábado - Pv 24.11,12 Agindo misericordiosa e sabiamente

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Provérbios 4.1-9

INTERAÇÃO
Caro professor, a família moderna vem sofrendo grandes transformações. Com a cristã, não é diferente. Há trinta anos não falaríamos sobre casais de jovens e adolescentes tornando-se pais no seio da Igreja. Mas esta é uma realidade em muitos lares cristãos. E qual o problema? O problema está quando o casal de jovens deveria estudar, entretanto, vê-se responsável por um filho - são "crianças" gerando crianças.  Inevitavelmente, esta educação é terceirizada para os pais, ou seja, avós. Aqui, inicia todo o problema na educação dos filhos de grande parte da sociedade moderna e, também, da família cristã. Os pais não educam, os avós se responsabilizam, mas se veem liberais com as crianças. Pais e avós não se entendem. O que se vê é uma criança crescendo desorientada, sem o mínimo parâmetro de limites. Você acha que esse processo não afetará a igreja?


OBJETIVOS
Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Reconhecer a importância de se colocar limites aos filhos.
Saber do valor do exemplo na educação dos filhos.
Promover a educação integral da criança.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

ESTUDOS BÍBLICOS - MATEUS CAP. 10, 11 e 12

MATEUS 10 - O DISCÍPULO NÃO ESTÁ ACIMA DO SEU MESTRE

I. COMO LER A BÍBLIA Este capítulo apresenta alguns exemplos sobre como deve e não deve ler e entender a Bíblia. O problema não é de interpretação mas de entendimento. Tudo deve ser lido e entendido dentro do seu próprio contexto. Nem tudo que Jesus disse aos seus discípulos aplica a nós hoje em dia.

A. Não vão aos gentios, não entrem nas cidades dos samaritanos, dêem preferência aos judeus. (Versos 5 e 6)
1. Por que esta discriminação? Isso aplica a nós hoje em dia?
2. Uma boa idéia é, quando está lendo a Bíblia e encontra coisas assim que não entende, anote num caderno e veja como, mais tarde, na leitura de outras partes da Bíblia, você vai ver facilmente as respostas.
3. Neste caso, lendo em Romanos 1:16, aprendemos que na ordem de Deus, conforme o seu plano, o evangelho foi primeiro para os judeus e depois para os gentios. Mateus 28:19, Jesus enviou os discípulos para fazer discípulos em todas as nações. Não, Deus não tem acepção de pessoas. Jesus morreu por todos e planejou para este evangelho ser espalhado por todo o mundo.

B. “De graça recebestes, de graça dai... digno é o trabalhador do seu alimento." (versos 8,9 e 10)
1. Algumas pessoas recusam sustentar evangelistas e outros cobram pelos seus serviços (uma igreja foi multada por SUNAB por cobrar excessivamente para fazer casamentos).
2. Alguns pastores e obreiros dizem "Só prego se me pagar x em dinheiro" e outros pregam por nada, mas aceitam qualquer ajuda financeira.
3. Um pastor fez coleta, não achou suficiente e mandou trancar as portas até receber a quantia desejada.
4. Jesus mandou não cobrar nada por seu serviço, faça tudo de graça. Mas aceita ajuda financeira dos que você serve.

C. Sedes símplices como as pombas. (verso 16)
1. Uma pessoa me disse - “Está vendo? Pombas têm penas pela asa toda, então o crente tem que andar de camisa com manga comprida".
2. Isso é tão fora do contexto que ficamos sem resposta.

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

O CUIDADO COM AQUILO QUE FALAMOS - LIÇÃO 05 COM SUBSÍDIOS


Lições Bíblicas CPAD Jovens e Adultos
 4º Trimestre de 2013
 Título: Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa — A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
Comentarista: José Gonçalves

Lição 5: O cuidado com aquilo que falamos
Data: 3 de Novembro de 2013

TEXTO ÁUREO
 “Favo de mel são as palavras suaves: doces para a alma e saúde para os ossos” (Pv 16.24).

VERDADE PRÁTICA
 As nossas palavras revelam muito do que somos, pois a boca fala do que o coração está cheio.

 LEITURA DIÁRIA
Segunda - Pv 15.23 Falando no tempo certo
 Terça - Pv 15.2 A língua como adorno da sabedoria
 Quarta - Pv 6.17 A língua que Deus aborrece
 Quinta - Pv 16.24 A língua como instrumento de cura
 Sexta - Pv 16.21 O saber pela doçura no falar
 Sábado - Tg 3.8 A difícil arte de domar a língua

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Provérbios 6.16-19; 15.1,2,23; 16.21.24.

Provérbios 6
16 - Estas seis coisas aborrece o Senhor, e a sétima a sua alma abomina:
17 - olhos altivos, e língua mentirosa, e mãos que derramam sangue inocente,
18 - e coração que maquina pensamentos viciosos, e pés que se apressam a correr para o mal,
19 - e testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos.

Provérbios 15
1 - A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.
2 - A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derrama a estultícia.
23 - O homem se alegra na resposta da sua boca, e a palavra, a seu tempo, quão boa é!

Provérbios 16
21 - O sábio de coração será chamado prudente, e a doçura dos lábios aumentará o ensino.
24 - Favo de mel são as palavras suaves: doces para a alma e saúde para os ossos.

INTERAÇÃO

Prezado professor, você deve conhecer as seguintes expressões: “Sou sincero!”; “Só falo a verdade!”; “Não levo desaforo para casa!”. Mas quem disse que ser sincero, falar a verdade e não levar desaforo para casa significa estar sempre com a razão? Na verdade, tal postura reflete uma má educação. Vivemos numa sociedade onde se perdeu o respeito mútuo. É no trânsito, na fila do caixa do mercado, na fila dos bancos, nos departamentos das igrejas; as pessoas parecem não ter paciência para esperar, se acalmar. Não pensam duas vezes em usar uma arma poderosa para ofender, maltratar e magoar: a língua. O Evangelho, por outro lado, desafia-nos a agirmos de outra maneira: pagando o mal com o bem.

OBJETIVOS

Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Conhecer as consequências das palavras.
Explicar os símbolos usados por Salomão e Tiago.
Ter cuidado com o bom uso da língua.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

ESTUDOS BIBLICOS EM MATEUS CAPITULOS 07, 08 e 09

MATEUS CAPITULOS 07, 08 e 09

MATEUS 7 - DOIS CONSTRUTORES

INTRODUÇÃO Jesus muitas vezes dividiu as pessoas em dois grupos:
Mateus 12:30 Quem não está comigo é contra mim.
Mateus 25 As nações separadas entre bodes e ovelhas, justos e injustos.
Apocalipse 3:14-16 Eu queria que fossem quentes ou frios, mas não mornos.
Mateus 6 Ninguém pode servir dois senhores. Tem que escolher.
Em Mateus 7, ele fala de dois caminhos, duas árvores e dois construtores para mostrar que:
Nem todos os que passam pela vida vão encontrar a vida
Nem todos os que dizem que têm uma mensagem de Deus são verdadeiros.
Nem todos os que invocam o nome de Jesus serão salvos.

I. DOIS CAMINHOS Mateus 7:13-14
A. Jesus disse que a maioria normalmente não tem razão.
1. Esta foi uma lição quando Moisés mandou 12 espiões para espiar a terra de Canaã. Dez disseram que não podiam vencer e apenas dois disseram que podiam com a ajuda de Deus. A maioria estava errada.
2. A pressão dos colegas às vezes leva os jovens a correr com a multidão e fazer o que está errado. Se a maioria fuma, chama palavrões, usa roupa na moda, mas indecente ou pratica sexo fora do casamento, isso não significa que é certo fazer estas coisas. A maioria normalmente está errada.
3. A religião da maioria na Índia diz que é pecado tirar o excremento de uma vaca do meio da rua. Mas é idolatria adorar a criatura em vez do Criador (Romanos 1:25)
4. A religião da maioria na Ásia ensina que Jesus é apenas um mensageiro de Deus mas não o Filho de
Deus. Mas Jesus é mesmo o Deus que se tornou carne (João 1:1-4,14).
5. A religião da maioria no Brasil ensina que nós podemos nos aproximar a Deus através de homens santos que morreram no passado. Mas Jesus é o único mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2:5) e devemos orar ao Pai em nome do filho (João 14:14).
6. A maioria das denominações protestantes ensina que batismo não é necessário para salvação. Mas Jesus disse "quem crer e for batizado será salvo" (Marcos 16:16).
7. Jesus, sozinho, morreu na cruz enquanto as multidões zombaram dele.

B. Todos nós estamos caminhando. Temos que escolher qual a porta que vamos entrar e qual o caminho vamos andar. Nós escolhemos o nosso próprio destino. É fácil se perder. É só decidir não fazer nada. A maioria faz isso, mas a minoria se esforça para andar no caminho estreito.

C. Qual o caminho em que você está andando? Lembre-se, é por decisão própria sua.

II. DUAS ÁRVORES Mateus 7:15-20

domingo, 20 de outubro de 2013

ASSEMBLEIA DE DEUS DE TESOURO

TIVEMOS UM FINAL DE SEMANA ABENÇOADO AQUI NA IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS DE TESOURO. FOI CULTO DE SANTA CEIA DO SENHOR NO SÁBADO E UM GRANDE CULTO PÚBLICO NO DOMINGO. GRAÇAS A DEUS O SENHOR CONTINUA NOS ABENÇOANDO.


LIDANDO DE FORMA CORRETA COM O DINHEIRO - LIÇÃO 04 COM SUBSÍDIOS

Lições Bíblicas CPAD - Jovens e Adultos
4º Trimestre de 2013
Título: Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa — A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
Comentarista: José Gonçalves

Lição 4: Lidando de forma correta com o dinheiro
Data: 27 de Outubro de 2013

TEXTO ÁUREO
 “Compra a verdade e não a vendas; sim, a sabedoria, e a disciplina, e a prudência” (Pv 23.23).

VERDADE PRÁTICA
 Quando o dinheiro não é dominado como servo, mas domina como senhor, transforma-se num grande e terrível tirano.

 LEITURA DIÁRIA
 Segunda - Pv 11.15 Advertência contra a fiança
 Terça - Pv 22.26,27 Advertência acerca do crédito
 Quarta - Pv 28.8 Advertência contra a usura
 Quinta - Pv 17.16 Advertência contra o tolo
 Sexta - Pv 23.23 Buscando virtudes
 Sábado - Fp 4.19 Buscando a suficiência em Cristo

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Provérbios 6.1-5.

1 - Filho meu, se ficaste por fiador do teu companheiro, se deste a tua mão ao estranho,
2 - enredaste-te com as palavras da tua boca, prendeste-te com as palavras da tua boca.
3 - Faze, pois, isto agora, filho meu, e livra- te, pois já caíste nas mãos do teu companheiro: vai, humilha-te e importuna o teu companheiro;
4 - não dês sono aos teus olhos, nem repouso às tuas pálpebras;
5 - livra-te, como a gazela, da mão do caçador e, como a ave, da mão do passarinheiro.

INTERAÇÃO
 O amor ao dinheiro desperta o lado mais primitivo do ser humano. Por dinheiro, as pessoas mentem, golpeiam, dissimulam, roubam, matam, etc. Por dinheiro os homens constroem impérios sem prestar atenção na pobreza estabelecida ao redor deles. Por dinheiro pessoas lucram através do suor do rosto alheio, apesar de a Bíblia dizer que o homem viveria do suor do próprio rosto. Enfim, o apego ao dinheiro é o elemento responsável por muitas tragédias humanas. À luz do ensino de Provérbios, devemos munir-nos da sabedoria divina em relação ao dinheiro para não cometermos as mesmas injustiças que os homens sem Deus cometem.

OBJETIVOS
 Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Definir fiador, empréstimo, usura e suborno.
Decidir usar corretamente o dinheiro.
Buscar o equilíbrio financeiro.

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

O CHAMADO PARA A RESTAURAÇÃO - ESBOÇO PARA O DOMINGO.

TEXTO: ISAIAS 55.3
TEMA: O CHAMADO PARA A RESTAURAÇÃO.
- 55.1-13 VINDE. Os israelitas, que abandonaram a Deus e à sua justiça, são convidados a voltar a Ele, para serem restaurados à comunhão e à bênção.

- Não importa em que área de sua vida, voce se encontra destruido. Deus quer trazer restauração.
INCLINAR: Abaixar-se: curvar-se: pender levemente: prostar-se(voltar-se para Deus).
1 - ISRAEL  INCLINADO PARA O MUNDO E VIRADO CONTRA DEUS.
     Deuteronômio 32.1-8(Bezerro de Ouro).
     Apocalipse 3.14-22 - Igreja de Laodicéia(Curvada diante do mundo).

2 - O PERIGO DE VIRAR AS COSTAS PARA DEUS.
      Juizes Capítulo 6(Ler o texto).
      2Cronicas 36.11-21(Ler o texto).

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

MATEUS CAP. 04, 05 e 06 - ESTUDOS BÍBLICOS

MATEUS 4 _ QUANDO O TENTADOR VIER

I. A TENTAÇÃO ERA NECESSÁRIA (Jesus foi levado pelo Espírito, ou, nas palavras de Marcos, O Espírito o impeliu)
A. Jesus foi aperfeiçoado, qualificado para ser nosso sacrifício e sumo sacerdote (Hebreus 2:17, 18; 4:15, 16)
B. A fé tem que ser provada
C. Há um risco? Sim, mas quem nunca entra em campo nunca será vencedor
D. Deus prova a nossa fé (1 Pedro 1:7; Tiago 1:2-4, 12,13), mas não nos tenta a pecar. Jesus foi levado por Deus para ser tentado, mas ele não buscou a tentação e não foi tentado por Deus.

II. SATANÁS Á O TENTADOR É ele que quer nos derrubar.
A. "Faça, ninguém vai saber"
B. "Faça, Deus não se importa com isso"
C. "Faça, Deus não sabe o que você precisa"
D. "Faça, você vai sentir bem"
E. "Faça, você só vive uma vez, aproveite a vida"
F. "Faça, Deus quer que você seja feliz"

III. QUANDO O TENTADOR VIER A VOCÊ, DIGA: "ESTÁ ESCRITO"

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

ESTUDOS BÍBLICOS - MATEUS CAP. 01, 02 e 03

MATEUS  CAPÍTULOS 01, 02 e 03

MATEUS 1: A GENEALOGIA DE JESUS 

INTRODUÇÃO - Genealogias são de grande interesse para algumas pessoas, mas não para a maioria. Na leitura bíblica de iniciantes, recomendamos passar por cima ou começar em outro livro que não tem genealogias para não desencorajá-lo na leitura. É fácil pegar no sono lendo genealogias. Mas tudo que está escrito na Bíblia foi escrito por um propósito prático. Com um pouco de esforço podemos ver lições práticas até nas genealogias. Veja Mateus 1:1-18 e note algumas:

I. A FIDELIDADE DE DEUS QUE SEMPRE CUMPRE AS SUA PROMESSAS
A. Abraão - Gênesis 12:3 "em ti todas as famílias da terra serão abençoadas"
B. Davi - Salmo 89 "teu descendente reinará no teu trono para sempre"
C. Israel, indo para Babilônia em cativeiro - Isaias 9: foi prometido um salvador, um príncipe da paz no trono de Davi, restauração de glória para Israel.
D. Na lista da genealogia há divisão em três grupos começando com Abraão, Davi e o cativeiro em Babilônia. Deus fez promessas a estas pessoas naqueles tempos especiais na história. Ele prometeu fazer coisas para seus descendentes e cumpriu todas estas promessas. Assim Mateus começa seu livro com estes três grupos de exatamente 14 pessoas em cada grupo mostrando que a história não se desenvolveu por acaso, mas foi planejada e sob o controle de Deus que estava agindo para cumprir as suas promessas.

E. Aplicação Prática
1. Jesus é o cumprimento das promessas de Deus
2. Deus sempre cumpre as suas promessas
a. Marcos 16:16
b. João 14:2, 3
c. Mateus 16:18
d. Apocalipse 2:10

II. A PROVIDÊNCIA DE DEUS
A. Escolhida a família, Deus interferiu no curso da história humana para proteger e preservar esta família e seus descendentes.
1. Abraão ameaçado de morte no Egito e por Abimeleque
2. Jacó fugindo do seu irmão que queria matá-lo
3. Judá em perigo de morrer da fome de sete anos
4. Nasom e Salmom ameaçados quando Faraó mandou matar os filhos ao nascerem
5. Davi enfrentou ursos, leões, Golias e Saul que lançou um lance, mas ele escapou. Também escapou de Absalão que o perseguiu com 12.000 soldados.
6. Exequias ficou mortalmente doente sem nenhum filho, mas Deus lhe deu mais 15 anos. No 3° ano nasceu Manassés para preservar a linhagem.
7. Josias foi morto na batalha com Egito, mas deixou um filho.
8. Nabucodonosor destruiu Jerusalém, matando milhares, mas a família foi preservada.
9. Gregos e romanos mataram milhões dos judeus, mas Deus preservou esta família.

B. Aplicação Prática: Deus protegeu a família de Cristo e hoje em dia está agindo em nossas vidas para nos proteger e realizar a sua vontade.
1. Romanos 8:28 Coisas podem acontecer que Deus não quer, mas Ele age para nos fazer um final feliz.
2. Mateus 28:20 Deus está hoje guiando sua família na viagem da terra para o céu e nós não estamos sozinhos.
3. Como Deus tem protegido e guiado você na sua vida pessoal?

III. OS ESCÂNDALOS E VERGONHAS DOS ANTEPASSADOS DE CRISTO
A. Todos estes eram pessoas erradas. Deus os castigou e condenou (se não se arrependeram)
1. Abraão mentiu para salvar sua própria vida entregando sua esposa a outros homens.
2. Jacó enganou seu próprio pai na cama da morte para roubar seu irmão da herança
3. Judá tinha sexo com sua nora e Perez era o resultado do incesto
4. Boaz era filho de Raabe, a prostituta.
5. Obede era o filho de Rute, de Moabe, a nação gerada pelo incesto entre Ló e sua filha.
6. Salomão era filho da mulher com quem Davi adulterou, matando o marido dela.
7. Abias, Jorão, Acaz, Manassés, Amom e Jeconias eram todos reis maus, rebeldes e idólatras.

B. Aplicação Prática
1. Não é o nome do seu pai que faz um homem ser grande ou importante. É o seu caráter e suas obras. O valor do homem não se depende dos seus pais, classe social, educação etc.
2. Isto acaba com qualquer preconceito racial, nacional, sexual ou social e abre a porta de grandeza a todos (Gálatas 3:26-29).
3. O convite é para todos - saem pelas estradas, para os aleijados, os cegos, os pobres, os rejeitados e os convidem para participar do banquete de Deus.
4. Deus está em favor dos oprimidos e prejudicados.

MATEUS 2 ADORE O REI 
Augusto achava que o mundo pertencia a ele para conquistar e governar do seu trono em Roma. Herodes achava que Judéia pertencia a ele para terrorizar e controlar do seu trono em Jerusalém. Cada um, e muitos outros, foi totalmente concentrado no seu pequeno reino e seu poder como se fosse a pessoa mais importante no universo. Foi neste momento que uma criança nasceu em uma cidadezinha insignificante num território subjugado num país que foi desprezado pelos poderosos da terra. Ele nasceu de pais desconhecidos cujos nomes nunca apareceram nas paginas das notícias da sociedade e que tinham tão pouca influência que nem fizeram reservas nos hotéis de Belém. Os reis entre os homens se cercaram com exércitos e conselheiros, com luxúria e esplendor. O rei Jesus nasceu e foi deitado numa manjedoura. Augusto, Claudio, Nero e todos os imperadores que seguiram já se foram, mas Jesus ainda reina. Ele é o rei para ser adorado.

I. OS MAGOS VIERAM DE LONGE PARA ADORÁ-LO
A. Vieram do oriente para Palestina, provavelmente uma viagem de semanas ou meses.
B. Quanto distancia você iria só para adorar o Rei Jesus? Quanto tempo? Quanta despesa? Quanto preparo?
C. O esforço que nós fazemos revela o valor que nós colocamos na atividade ou na pessoa.

domingo, 13 de outubro de 2013

TRABALHO E PROSPERIDADE - LIÇÃO 03 COM SUBSÍDIOS

Lições Bíblicas CPAD  -  Jovens e Adultos
 4º Trimestre de 2013
Título: Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa — A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
Comentarista: José Gonçalves
Lição 3: Trabalho e Prosperidade
                     Data: 20 de Outubro de 2013

TEXTO ÁUREO
 “A bênção do Senhor é que enriquece, e ele não acrescenta dores” (Pv 10.22).

VERDADE PRÁTICA
 A Bíblia condena a inércia e a preguiça, pois é através do trabalho e da bênção de Deus que prosperamos.

LEITURA DIÁRIA
 Segunda - Pv 10.22 A bênção do Senhor prospera
 Terça - Pv 3.9,10 A generosidade gera prosperidade
 Quarta - Pv 3.13-15 O conhecimento gera prosperidade
 Quinta - Pv 22.13; 24.34 A preguiça afasta a prosperidade
 Sexta - Pv 24.30 A preguiça gera displicência
 Sábado - Pv 30.25 Poupar também é prosperar

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Provérbios 3.9,10; 22.13; 24.30-34.
 Provérbios 3
9 - Honra ao Senhor com a tua fazenda e com as primícias de toda a tua renda;
10 - e se encherão os teus celeiros abundantemente, e trasbordarão de mosto os teus lagares.
Provérbios 22
13 - Diz o preguiçoso: Um leão está lá fora; serei morto no meio das ruas.
Provérbios 24
30 - Passei pelo campo do preguiçoso e junto à vinha do homem falto de entendimento;
31 - e eis que toda estava cheia de cardos, e a sua superfície, coberta de urtigas, e a sua parede de pedra estava derribada.
32 - O que tendo eu visto, o considerei; e, vendo-o, recebi instrução.
33 - Um pouco de sono, adormecendo um pouco, encruzando as mãos outro pouco, para estar deitado,
34 - assim sobrevirá a tua pobreza como um ladrão, e a tua necessidade, como um homem armado.

INTERAÇÃO
 O trabalho é um dom de Deus para a humanidade. Ele eleva a dignidade do homem e a da mulher. Esta, no entanto, conquistou um papel de destaque no mercado profissional. Não se pode ignorar o advento da mulher no mercado de trabalho como elemento revolucionário para o modelo tradicional da família. Hoje, na maioria dos casos, mesmo que a mulher opte por não mais trabalhar fora, o homem não consegue prover a família com o próprio salário. O custo de vida é caro, o salário é pequeno, fazendo com que até os aposentados retornem ao mercado formal do trabalho. O fato é que para prosperarem na vida, tanto o homem quanto a mulher devem trabalhar, trabalhar... É através do trabalho que prosperamos.

OBJETIVOS
 Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Compreender as quatro metáforas da lição (do celeiro e do lagar, da formiga, do leão e do espinheiro).
Reconhecer a importância e o valor do trabalho.
Saber que a prosperidade é fruto da bênção de Deus, mas de muito trabalho também.

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA
 Prezado professor, reproduza o esquema abaixo na lousa ou tire cópias. Ao concluir a lição de hoje faça uma síntese das metáforas estudadas usando o auxílio do respectivo esquema. Em seguida, afirme à classe que essas metáforas são símbolos linguísticos empregados pela Bíblia para demonstrar a importância e o valor do trabalho na vida do ser humano.

sábado, 12 de outubro de 2013

ESBOÇO BÍBLICO PARA O DOMINGO

TEXTO:  MATEUS 2 
TEMA:  ADORANDO  AO REI JESUS

Augusto achava que o mundo pertencia a ele para conquistar e governar do seu trono em Roma. Herodes achava que Judéia pertencia a ele para terrorizar e controlar do seu trono em Jerusalém. Cada um, e muitos outros, foi totalmente concentrado no seu pequeno reino e seu poder como se fosse a pessoa mais importante no universo. Foi neste momento que uma criança nasceu em uma cidadezinha insignificante num território subjugado num país que foi desprezado pelos poderosos da terra. Ele nasceu de pais desconhecidos cujos nomes nunca apareceram nas paginas das notícias da sociedade e que tinham tão pouca influência que nem fizeram reservas nos hotéis de Belém. Os reis entre os homens se cercaram com exércitos e conselheiros, com luxúria e esplendor. O rei Jesus nasceu e foi deitado numa manjedoura. Augusto, Claudio, Nero e todos os imperadores que seguiram já se foram, mas Jesus ainda reina. Ele é o rei para ser adorado.

I. OS MAGOS VIERAM DE LONGE PARA ADORÁ-LO

A. Vieram do oriente para Palestina, provavelmente uma viagem de semanas ou meses.

B. Quanto distancia você iria só para adorar o Rei Jesus? Quanto tempo? Quanta despesa? Quanto preparo?

C. O esforço que nós fazemos revela o valor que nós colocamos na atividade ou na pessoa.

II. JESUS É DIGNO DE SER ADORADO
A. Os magos se prostraram e o adoraram.

B. Todos os anjos o adoraram (Hebreus 1:6).

C. Um dia todo joelho se dobrará nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confessará que Jesus Cristo é o Senhor.

D. O fato de Jesus ser digno de ser adorado testifica da sua divindade. Jesus é Deus. Adoraram-se qualquer pessoa ou objeto que não é Deus, isso é idolatria. Jesus não é apenas um anjo exaltado ou uma pessoa criada por Deus como algumas religiões ensinam. Se fosse assim, adorá-lo seria idolatria.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

EVANGELISMO NA ASSEMBLEIA DE DEUS DE TESOURO

TIVEMOS UM CULTO EVANGELÍSTICO ABENÇOADO NESTA QUARTA FEIRA, AQUI NA ASSEMBLEIA DE DEUS DE TESOURO. ESTAMOS ASSIM CUMPRINDO O "ÍDE" DE jESUS.


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

ADVERTENCIAS CONTRA O ADULTÉRIO - LIÇÃO 02 COM SUBSÍDIOS


2° LIÇÃO DO 4° TRI 2013 ADVERTÊNCIAS CONTRA O ADULTÉRIO

ADVERTÊNCIAS CONTRA O ADULTÉRIO
Data 13 de Outubro de 2013                   

TEXTO ÁUREO
“Bebe a água da tua cisterna e das correntes do teu poço. [...] Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade” (Pv 5.1 5,18).

VERDADE PRÁTICA
A melhor prevenção contra o adultério é temer ao Senhor e estreitar os laços do amor conjugal.

Segunda       - Pv 5. 3-4.   A ilusão do adultério
Terça             - Pv 5.7,8.   Prevenção contra o adultério
Quarta           - Pv 5.9-12.  As consequências do adultério
Quinta            - Pv 7.13. A falsa delicadeza da adúltera
Sexta             - Pv 5.1; 6.20; 7.1.  O conselho previne o adultério

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Provérbios 5.1-6
1 - Filho meu, atende à minha sabedoria: à minha razão inclina o teu ouvido;
2 - para que conserves os meus avisos, e os teus lábios guardem o conhecimento.
3 - Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais macio do que o azeite;
4 - mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois fios.
5 - Os seus pés descem à morte; os seus passos firmam-se no inferno.
6 - Ela não pondera a vereda da vida; as suas carreiras são variáveis, e não as conhece.

INTERAÇÃO
O livro dos Provérbios, talvez, seja o principal dos livros bíblicos a falar sobre o adultério, os seus caminhos e suas artimanhas destruidoras. O sábio não economiza palavras e ironias ao denunciar a pessoa que adere essa prática como um estilo de vida: ela não passa de um jovem displicente (Pv 7). Displicência, imaturidade e fraqueza são palavras que denotam o perfil do homem que, inexplicavelmente, deixa a casa da sua esposa a fim de unir-se com uma estranha. Esta não é a mãe dos seus filhos, a mulher que, juntamente com ele, conquistou tudo o que tem. Não! A estranha é a mulher que deseja tirar tudo o quanto ele construiu: a sua família e a sua vida.

OBJETIVOS
Após a aula, o aluno deverá estar apto a:
Conhecer os conselhos do sábio sobre a sexualidade humana.
Identificar as causas da infidelidade conjugal e suas consequências.
Previnir-se da infidelidade conjugal.

domingo, 6 de outubro de 2013

A IMPORTANCIA DA BÍBLIA

 A IMPORTÂNCIA DA BÍBLIA
 
TEXTO ÁUREO
"Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho." SI 119.105.
 
VERDADE PRÁTICA
A importância da Bíblia consiste em ser ela a bússola e guia divino para o homem que busca cumprir com a vontade de DEUS.
 
LEITURA DIÁRIA
Segunda - SI 119.33-40 
Terça - SI 78.1-7 
Quarta - l Tm 4.9-16
Quinta - 2 Tm 3.10-17
Sexta - Dt 6.1-9
Sábado - SI 119.17-24; 2 Tm 6.3,4
 
TEXTO BÍBLICO BÁSICO Rm 15.1-6
Rm 15.1 - Mas nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós mesmos. 2 - Portanto cada um de nós agrade ao seu próximo no que é bom para edificação. 3 - Porque também CRISTO não agradou a si mesmo, mas, como está escrito: Sobre mim caíram as injurias dos que te injuriavam. 4 - Porque tudo que dantes foi
escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenha- mos esperança.
5 - Ora o DEUS de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo CRISTO JESUS. 6 - Para que concordes, a uma boca, glorifiqueis ao DEUS e Pai de nosso Senhor JESUS CRISTO.
 
COMENTÁRIO
INTRODUÇÃO
Por milênios DEUS se revelou ao homem através de suas obras, isto é, a Criação (Rm 1.20; SI 19.1-6). Porém, segundo seu propósito, chegou o tempo em que Ele desejou alcançar o homem com uma revelação maior, o que fez em forma dupla: a) através da Bíblia - A Palavra Escrita, e b) através de JESUS CRISTO - A Palavra Viva (Jo 1.1). Esta dupla revelação é mui especial e tornou-se necessária devido à queda do homem
Desse modo o estudo das Escrituras se impõe como o principal meio do homem natural vir a conhecer a DEUS e a Sua vontade para com a sua vida, bem como do crente conhecer o propósito santificador de DEUS para si e para com todos os salvos.

I. ALCANCE DO ESTUDO DA BÍBLIA
O estudo da Bíblia é uma necessidade que se impõe ao crente por causa do grande alcance que o livro divino tem. O seu estudo:

1. Prepara o crente para responder àqueles que lhe pedem a razão da fé que nele há (l Pé 3.15). Isto implica no fato de que o testemunho cristão só é válido quando
fundamentado no conhecimento e prática da Palavra de DEUS.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

ESBOÇO BÍBLICO PARA O DOMINGO

TEXTO BÍBLICO;  JOÃO 18.37,38

Jesus é preso e levado a Pilatos para ser julgado.
A pergunta de Pilatos “O QUE É A VERDADE?”

TEMA; CINCO VERDADES QUE O MUNDO PRECISA SABER.

1 VERDADE – O PECADO SEPARA O HOMEM DE DEUS.
      Isaias 59.1,2; Rm 3.23; Rm 8.1;
2 VERDADE – SEM O NOVO NASCIMENTO NINGUÉM ENTRARÁ NO CÉU.
       João 3.1-7(Nicodemos);  Nova criatura(2Cor 5.17).
3 VERDADE – SÓ EXISTE UM CAMINHO QUE NOS LEVA AO CÉU.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

ESTUDO BÍBLICO NOS SALMOS 02 e 03

SALMOS 02 e 03
SALMO  2.1-12 POR QUE SE AMOTINAM AS NAÇÕES? 
Este salmo consiste de quatro cenas distintas.

(1) O salmista começa com uma alusão aos povos e reis da terra em oposição ao Ungido de Deus (vv. 1-3; cf. At 4.25-27; ver a nota seguinte) um triste quadro da insolente rebeldia da raça humana contra Deus, sua lei, sua redenção, seu Messias e o ensino da sua revelação. Os autores do NT, da mesma maneira, mostram o mundo em oposição a Cristo, ao crente e à fé bíblica (Jo 15.19; Ef 6.12).

(2) Deus responde zombando dos ridículos intentos do mundo para removê-lo do cenário (vv. 4-6). Tempos virão em que Ele suplantará a rebelião humana e estabelecerá o seu reino na terra (ver Rm 1.18; 1 Ts 5.1-11; 2 Ts 2.8; Ap 19.11-21).

terça-feira, 1 de outubro de 2013

O VALOR DOS BONS CONSELHOS - LIÇÃO 01 COM SUBSÍDIOS.


Lições Bíblicas CPAD Jovens e Adultos -  4º Trimestre de 2013
 Título: Sabedoria de Deus para uma vida vitoriosa — A atualidade de Provérbios e Eclesiastes
Comentarista: José Gonçalves

 Lição 1: O valor dos bons conselhos
Data: 06 de Outubro de 2013

TEXTO ÁUREO
 “O temor do Senhor é o princípio da ciência; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução” (Pv 1.7).

VERDADE PRÁTICA
 Provérbios e Eclesiastes são verdadeiras pérolas da sabedoria divina para o nosso bom viver.

LEITURA DIÁRIA
 Segunda - Pv 1.2 A sabedoria revela prudência
 Terça - Pv 1.3 A sabedoria oferece justiça, juízo e equidade
 Quarta - Pv 1.4 A sabedoria traz conhecimento
 Quinta - Pv 1.5 A sabedoria gera sábios conselhos
 Sexta - Pv 1.6 A sabedoria interpreta a vida
 Sábado - Pv 1.7 O temor do Senhor e a sabedoria

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
 Provérbios 1.1-6.
 1 - Provérbios de Salomão, filho de Davi, rei de Israel.
2 - Para se conhecer a sabedoria e a instrução; para se entenderem as palavras da prudência;
3 - para se receber a instrução do entendimento, a justiça, o juízo e a equidade;
4 - para dar aos simples prudência, e aos jovens conhecimento e bom siso;
5 - para o sábio ouvir e crescer em sabedoria, e o instruído adquirir sábios conselhos;
6 - para entender provérbios e sua interpretação, como também as palavras dos sábios e suas adivinhações.

INTERAÇÃO
 Prezado professor, iniciaremos mais um trimestre, o último do ano. Esta é uma excelente oportunidade para fazer uma autoanálise a respeito do seu ministério de ensino. Seus objetivos foram alcançados? Seus alunos cresceram na graça e no conhecimento de Deus? Neste trimestre estudaremos parte da literatura sapiencial judaica, isto é, os livros de sabedoria dos judeus que tratam dos conselhos divinos para a vida humana. Veremos o quanto eles são atuais e relevantes em seus ensinamentos.
O comentarista deste trimestre é o pastor José Gonçalves, professor de Teologia, filósofo, escritor e vice-presidente da Comissão de Apologética da CGADB.

OBJETIVOS
 Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Conhecer o conceito geral dos livros de Provérbios e Eclesiastes.
Identificar as fontes da sabedoria dos sábios antigos.
Compreender o propósito da sabedoria ensinada em Provérbios e Eclesiastes.

domingo, 29 de setembro de 2013

ESTUDO BIBLICO NO SALMO PRIMEIRO

A felicidade dos justos e o castigo dos ímpios 
Sl.1.1 Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Sl.1.2 Antes, tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
Sl.1.3 Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cujas folhas não caem, e tudo quanto fizer prosperará.
Sl.1.4  Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
Sl.1.5 Pelo que os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
Sl.1.6 Porque o SENHOR conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá.


1.1 BEM-AVENTURADO O VARÃO. O Sl  1 serve como introdução a todo o livro dos Salmos. Ele contrasta os dois únicos tipos de pessoas do ponto de vista de Deus, tendo cada tipo um conjunto distintivo de princípios de vida:
(1) os justos, que são caracterizados pela retidão, pelo amor, pela obediência à Palavra de Deus e pela separação do mundo (vv. 1,2); e
(2) os ímpios, que representam o modo de ser e as idéias do mundo, que não permanecem na Palavra de Deus, e que por isso não têm parte na assembléia do povo de Deus (vv. 4,5). Deus conhece e abençoa o justo, mas o ímpio não tem parte no Reino de Deus (1 Co 6.9) e perecerá (v. 6). A separação entre esses dois grupos de pessoas existirá no decurso da história da redenção e continuará na eternidade.

1.1 QUE NÃO ANDA SEGUNDO O CONSELHO DOS ÍMPIOS. O primeiro versículo do livro dos Salmos ressalta a distinção entre os justos e os ímpios. Os crentes verdadeiros podem ser conhecidos pelas coisas que praticam, pelos lugares que freqüentam e pelas pessoas com as quais convivem. Ninguém pode experimentar a bênção de Deus sem evitar as coisas danosas ou destrutivas.

1.2 TEM O SEU PRAZER NA LEI DO SENHOR. Os santos de Deus não somente evitam o mal, como também edificam a sua vida em torno das palavras do Senhor. Procuram obedecer à vontade de Deus porque seus corações realmente têm prazer nos caminhos e mandamentos do Senhor (ver 2 Ts 2.10, onde os ímpios perecem porque não querem amar a verdade). A motivação dos atos dos salvos provém dos seus espíritos e emoções redimidos, conquistados pela verdade de Deus conforme a temos na sua Palavra.

OBRA MISSIONÁRIA NO BATUVI

A OBRA MISSIONÁRIA NO BATUVI VAI INDO MUITO BEM, GRAÇAS A DEUS. LÁ ESTÁ O CASAL DE MISSIONÁRIO: PRESBITERO IRMÃO GERALDO LORENSETI E A MISSIONÁRIA ELISANGELA. ESTIVEMOS NESTE FINAL DE SEMANA JUNTAMENTE COM NOSSO PASTOR PRESIDENTE, PASTOR EDIRCEU VIEIRA E ALGUNS MINISTROS, PARTICIPAMOS DE UM CULTO ABENÇOADO DE SANTA CEIA. A OBRA MISSIONÁRIA ALI TEM SIDO GRANDEMENTE ABENÇOADA POR jESUS.






quinta-feira, 26 de setembro de 2013

ESBOÇO BÍBLICO PARA O DOMINGO - O JESUS RESSUCITADO

TEXTO: MARCOS 16.1-8
TEMA: O JESUS RESSUSCITADO
 (COMENTAR O TEXTO)
1 - O JESUS RESSUSCITADO É AQUELE QUE BATIZA COM O ESPÍRITO SANTO
      Joel 2.28,29; Mateus 3.10-12; Mateus  24.49; Atos 1.7,8,9.
     Em  Atos 2.1-4 o Senhor Jesus cumpriu a promessa.
     Ele continua batizando com o Espírito Santo.

2 - O JESUS RESSUSCITADO É AQUELE QUE CURA TODA ENFERMIDADE
      Marcos 16.17-18 - Atos 3.1-9(o coxo).
      Jesus cura enfermidade do espírito e da alma.
      Jesus continua resolvendo nossos problemas.

3 - O JESUS RESSUSCITADO É AQUELE QUE CONTINUA CHAMANDO

terça-feira, 24 de setembro de 2013

ESTUDO BÍBLICO NO SALMO 3

AS AFLIÇÕES NÃO PODEM TIRAR A NOSSA PAZ.

SALMO  3.1-8 MULTIPLICADO OS MEUS ADVERSÁRIOS! Este salmo é um lamento diante de Deus. Quase uma terça parte dos salmos pertence a esta categoria.
(1) O conteúdo básico de um salmo de lamento consiste:
(a)  de uma fervente invocação de Deus (v. 1),
(b) uma descrição da aflição,
(c ) sofrimento ou injustiça que o crente sofre (vv. 1,2),
(d) uma afirmação da confiança do crente em Deus (vv. 3-6),
(e) uma súplica por socorro (v. 7) e
(f) uma expressão de louvor ou ação de graças (v. 8).

(2) Na Bíblia, indica que Deus quer que os seus o invoquem em tempos de necessidade e aflição 
(ver Hb 4.16). CHEGUEMOS POIS COM CONFIANÇA AO TRONO DA GRAÇA.
(a) Cristo se compadece das nossas fraquezas (v. 15), 
(b) podemos chegar com confiança ao trono celestial, sabendo que nossas orações e petições são bem acolhidas e ouvidas por nosso Pai celestial (cf. 10.19,20).

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

O SACRIFÍCIO QUE AGRADA A DEUS - LIÇÃO 13 COM SUBSÍDIOS

3º Trimestre de 2013
 Título: Filipenses — A humildade de Cristo como exemplo para a Igreja
Comentarista: Elienai Cabral

Lição 13: O sacrifício que agrada a Deus

Data: 29 de Setembro de 2013

TEXTO ÁUREO
 “Eu te oferecerei voluntariamente sacrifícios; louvarei o teu nome, ó Senhor, porque é bom” (Sl 54.6).

VERDADE PRÁTICA
 Ajudando os nossos irmãos, contribuímos para a obra de Deus, e, ao Senhor, oferecemos a mais pura ação de graças.

 LEITURA DIÁRIA
 Segunda - Gn 4.1-7 Os primeiros sacrifícios
 Terça - Sl 50.7-23 Os sacrifícios que Deus quer
 Quarta - Sl 51.17 Sacrifícios para Deus
 Quinta - Hb 13.15 Sacrifício de louvor
 Sexta - Is 58.1-12 O sacrifício do jejum
 Sábado - Fp 4.14-18 O auxílio como oferta a Deus

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Filipenses 4.14-23.
 14 - Todavia, fizestes bem em tomar parte na minha aflição.
15 - E bem sabeis também vós, ó filipenses, que, no princípio do evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja comunicou comigo com respeito a dar e a receber, senão vós somente.
16 - Porque também, uma e outra vez, me mandastes o necessário a Tessalônica.
17 - Não que procure dádivas, mas procuro o fruto que aumente a vossa conta.
18 - Mas bastante tenho recebido e tenho abundância; cheio estou, depois que recebi de Epafrodito o que da vossa parte me foi enviado, como cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus.
19 - O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.
20 - Ora, a nosso Deus e Pai seja dada a glória para todo o sempre. Amém.
21 - Saudai a todos os santos em Cristo Jesus. Os irmãos que estão comigo vos saúdam.
22 - Todos os santos vos saúdam, mas principalmente os que são da casa de César.
23 - A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com vós todos. Amém!

INTERAÇÃO
 Professor, com a graça de Deus chegamos ao final de mais um trimestre. Durante os encontros dominicais você e seus alunos, com certeza foram edificados, exortados e consolados por intermédio da Epístola aos Filipenses. Paulo foi um homem que colocou sua vida a disposição do Mestre. Seu ministério esteve sempre em primeiro lugar. Muitos foram os sacrifícios que este abnegado servo de Deus teve que fazer para que o Evangelho chegasse até aos confins da terra. Nem mesmo a prisão foi capaz de impedi-lo de levar as boas novas aos perdidos. Ele pregou, ensinou e fez muitos discípulos, mesmo estando no cárcere. Paulo padeceu muito, todavia ele ensinou os crentes de Filipos e a nós também a termos uma vida cristã feliz. Sigamos o seu exemplo!

OBJETIVOS
 Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Compreender como foi a participação da igreja de Filipos nas tribulações de Paulo.
Explicar o ato de reminiscência entre Paulo e os filipenses.
Analisar a oblação e a generosidade dos filipenses.