Seguidores

terça-feira, 14 de junho de 2016

A.D. de COTEGIPE NA EVANGELIZAÇÃO.

ESTA É A  EQUIPE DE BATALHA. UMA EQUIPE DE IRMAOS E IRMÃS DA ASSEMBLEIA DE DEUS DE COTEGIPE - BAHIA. PESSOAS QUE TEM AMOR PELAS ALMAS PERDIDAS. UM TRABALHO REALIZADO NOS LARES DA CIDADE. UMA BENÇÃO.

CLIK NA FOTO PARA AMPLIAR.




COSMOVISÃO MISSIONÁRIA - LIÇÃO 12 COM SUBSIDIOS


955002


Lições Bíblicas CPAD     -    Adultos

 2º Trimestre de 2016

Título: Maravilhosa Graça — O Evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos
Comentarista: José Gonçalves


Lição 12: Cosmovisão missionária
Data: 19 de Junho de 2016


TEXTO ÁUREO

“E desta maneira me esforcei por anunciar o evangelho, não onde Cristo houvera sido nomeado, para não edificar sobre fundamento alheio” (Rm 15.20).


VERDADE PRÁTICA

Os crentes que foram alcançados pela graça e vivem pela fé, em Jesus Cristo, precisam ter uma visão missionária amorosa e abrangente.


LEITURA DIÁRIA

Segunda — Mt 28.19
Anunciar o Evangelho é uma ordenança de Jesus Cristo para a Igreja
 Terça — Mt 28.20
A Igreja tem como missão primordial educar e evangelizar
 Quarta — At 1.8
A Igreja deve alcançar os confins da Terra
 Quinta — Jo 3.16
O amor de Deus pela humanidade é incomensurável
 Sexta — Rm 10.14
Como as pessoas ouvirão o Evangelho se não há quem pregue?
 Sábado — Rm 10.15
Como os anunciadores pregarão se não forem enviados?


LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Romanos 15.20-29.

20 — E desta maneira me esforcei por anunciar o evangelho, não onde Cristo houvera sido nomeado, para não edificar sobre fundamento alheio;
21 — antes, como está escrito: Aqueles a quem não foi anunciado o verão, e os que não ouviram o entenderão.
22 — Pelo que também muitas vezes tenho sido impedido de ir ter convosco.
23 — Mas, agora, que não tenho mais demora nestes sítios, e tendo já há muitos anos grande desejo de ir ter convosco,
24 — quando partir para a Espanha, irei ter convosco; pois espero que, de passagem, vos verei e que para lá seja encaminhado por vós, depois de ter gozado um pouco da vossa companhia.
25 — Mas, agora, vou a Jerusalém para ministrar aos santos.
26 — Porque pareceu bem à Macedônia e à Acaia fazerem uma coleta para os pobres dentre os santos que estão em Jerusalém.
27 — Isto lhes pareceu bem, como devedores que são para com eles. Porque, se os gentios foram participantes dos seus bens espirituais, devem também ministrar-lhes os temporais.
28 — Assim que, concluído isto, e havendo-lhes consignado este fruto, de lá, passando por vós, irei à Espanha.
29 — E bem sei que, indo ter convosco, chegarei com a plenitude da bênção do evangelho de Cristo.


HINOS SUGERIDOS

65, 167 e 395 da Harpa Cristã.


OBJETIVO GERAL

Mostrar que os crentes que foram alcançados pela graça precisam ter visão missionária.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.

I. Compreender a necessidade de termos uma cosmovisão missionária;
II. Apontar a necessidade do planejamento missionário;
III. Relacionar as necessidades espirituais da obra missionária.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

A TOLERANCIA CRISTÃ - LIÇÃO 11 COM SUBSIDIOS


955002


Lições Bíblicas CPAD    -    Adultos

2º Trimestre de 2016
 Título: Maravilhosa Graça — O Evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos
Comentarista: José Gonçalves

Lição 11: A tolerância cristã
Data: 12 de Junho de 2016

TEXTO ÁUREO
 “Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo” (Rm 14.17).

VERDADE PRÁTICA
 Os crentes mais maduros não devem agir egoisticamente, mas precisam atuar como modelo para os mais fracos.

LEITURA DIÁRIA
 Segunda — Mc 12.33
Amar o próximo é melhor que qualquer sacrifício
 Terça — 1Co 13.7
O amor tudo sofre, tudo crê e tudo suporta
 Quarta — Rm 14.4
Aquele que ama não julga o seu irmão
 Quinta — Rm 14.10
Não desprezemos os nossos irmãos
 Sexta — Rm 14.12
Cada um dará conta de si mesmo perante Deus, o Criador
 Sábado — Rm 14.13
Deixemos de lado todo julgamento alheio

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Romanos 14.1-6.

1 — Ora, quanto ao que está enfermo na fé, recebei-o, não em contendas sobre dúvidas.
2 — Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes.
3 — O que come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu.
4 — Quem és tu que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai; mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar.
5 — Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em seu próprio ânimo.
6 — Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz. O que come para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e o que não come para o Senhor não come e dá graças a Deus.

HINOS SUGERIDOS

79, 315 e 464 da Harpa Cristã.

OBJETIVO GERAL

Mostrar que o crente maduro precisa atuar como modelo para os mais fracos.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.

I. Saber que a igreja em Roma era uma igreja heterogênea;
II. Explicar que a igreja em Roma era tolerante com os mais fracos;
III. Compreender que assim como a igreja em Roma, a igreja atual precisa ser acolhedora.

sábado, 4 de junho de 2016

ASSEMBLEIA DE DEUS DE COTEGIPE - BAHIA

A EQUIPE DE BATALHA LEVANDO A MENSAGEM DE SALVAÇÃO NOS LARES DA CIDADE. IRMAOS E IRMÃS TRABALHANDO PARA JESUS.