Seguidores

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

3 VERDADES DO TANQUE DE BETESDA

Três verdades do tanque de Betesda.

Por: Eli Barbosa.
João 5.1-14 descreve a cura de um homem paralítico, e este milagre remete-nos à força interior que só Jesus pode dar. Se você se sente derrotado espiritualmente, sem conseguir se levantar, continue a ler. Existe uma cura para sua paralisia espiritual e um poder inacreditável para que você tenha uma vida vitoriosa.

“Depois disso, houve uma festa dos judeus, e Jesus foi à Jerusalém. Ali havia um tanque com cinco entradas, que ficava perto do Portão das Ovelhas. Na língua hebraica, este tanque chama-se Betesda. Muitos doentes estavam no chão: cegos, aleijados e paralíticos. Esperavam o movimento da água porque, de vez em quando, um anjo descia e agitava a água. O primeiro doente que entrava no tanque depois disto sarava de qualquer  doença” (João 5.1 a 4).
Não sabemos exatamente há quanto tempo aquele homem, deitado ao lado poço, aguardava o movimento das águas. É possível que a cada ano ele se aproximasse do poço, tentando ficar cada vez mais perto, para ser o primeiro a se jogar na água e ser curado. Jesus conhecia muito bem a natureza humana, e por isso fez uma pergunta ao mesmo tempo simples e profunda: “Você quer ficar curado?” (v.6). Essa pergunta está sendo feita por Jesus ainda hoje, pois a condição daquele homem era semelhante, em termos espirituais, à de muitas pessoas em nossos dias.

Costumamos pensar que recuperar a saúde seja a coisa mais importante, mas Deus pode pensar diferente de nós. Ele pode ter em mente outro propósito que seja mais importante para nós. A prioridade de Jesus naquele momento não era a cura física do paralítico, mas a cura de sua alma. A cura física não durou para sempre, pois o homem morreu um dia. Mas a cura espiritual de sua alma permanecerá pela eternidade.  
Há três verdades implícitas neste texto, a que quero compartilhar com você. Você está preparado para receber um milagre? Aquele homem estava e sabia o que fazer:

1 - Reconhecer as suas fraquezas.

Se queremos encontrar a força que aquele homem encontrou há tanto tempo, a primeira coisa a fazer é admitir que somos fracos. Ele reconheceu que dependia de outros para ser curado (v.7).

Vivemos dias em que as pessoas escondem suas fraquezas, se dizem fortes e autossuficientes em tudo, mas na verdade, somos dependentes. Pois não conseguimos dar um só passo que seja, se Deus em sua misericórdia não ajudar. O apóstolo Paulo escreve: Porque Cristo, estando nós ainda fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios (Romanos 5.6).

É preciso reconhecer nossas fraquezas. Precisamos clamar: “Deus me ajuda, pois sozinho eu não consigo”.

2 - Expresse sua vontade diante de Deus.

Se quisermos que Deus substitua a nossa incapacidade pela sua força, precisamos também expressar a nossa vontade. Jesus perguntou ao paralítico: “Queres ser curado?” (João 5.6).

Em outras palavras, Jesus estava perguntando: “Qual o desejo diante desta situação?” Ele queria que o homem externasse a sua vontade.

Para expressar nossa vontade, observe, em primeiro lugar existe uma pergunta a ser respondida, uma escolha a ser feita, e só eu e você podemos fazer isto, Deus não irar fazer a escolha por nós! Se não quisermos, Ele não nos obrigará, mas Ele faz um apelo: “Se alguém quiser... Quem tem sede venha...”

Se você quiser aceitar este convite de Cristo, nem o diabo, nem os demônios de todo o inferno serão suficiente para impedir. Deus concedeu vontade própria a você. Por isso a pergunta: “Queres ficar curado”?

 3 - Inicie a caminhada.

Esta é a terceira verdade expressa no tanque, se quisermos ser abençoados, precisamos confiar na ordem do Mestre: “Levanta, toma tua cama e vai” (Jo.5.8).

Jesus não o ajudou a se levantar, nem tampouco arrumou seu leito, aquele homem tinha que LEVANTAR, ANDAR, TOMAR A CAMA E VOLTAR PARA A SUA FAMILIA.

É a vontade de Deus para nossas vidas: Que levantemos pela fé, que saiamos da inércia espiritual; Que comecemos a andar de modo digno, caminhar pelas veredas da justiça; Que “Tomemos nossas camas”. Ou seja, que testemunhemos com verdade sobre sua maravilhosa graça e voltemos totalmente ao plano inicial: A CASA DO PAI.

      BLOG SEMENTES DO EVANGELHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário